Segue-nos por e-mail para obter actualizações do Blog

Acidentes de Trabalho Mortais em 2013


Em Portugal, no ano de 2013, 141 trabalhadores perderam a vida em acidentes de trabalho. Assim sendo morreram em média cerca de 12 trabalhadores por mês.

O Porto foi onde se registou novamente o número mais alto de acidentes de trabalho mortais, mais especificamente 16 casos.

O distrito de Lisboa é o segundo no ranking com mais acidentes de trabalho mortais, 15 na totalidade, sendo que o distrito de Santarém vem logo a seguir com 14.

Vila Real foi o distrito onde se verificou o menor número de acidentes de trabalho mortais, somente 1.

A colisão com um objeto em movimento, foi a principal causa na origem de acidentes de trabalho mortais, concretamente 24 acidentes. A entalação, esmagamento ou arranque de um membro do corpo segue-se de seguida com 23 acidentes mortais.

O sector da construção civil contínua a liderar a atividade com mais acidentes mortais e em seguida surgem as indústrias transformadores, contendo estes 34 e 32 casos respetivamente.

O setor da Agricultura, Produção Animal, Caça, Floresta e Pesca registaram-se 17 acidentes de trabalho mortais.

De seguida apresento graficamente os acidentes de trabalho por sector de atividade, por distrito e as causas a que levaram os acidentes de  trabalho mortais, no ano de 2013.

Gráfico 1 - Acidentes de Trabalho por Sector de Atividade em 2013
 
Gráfico 2 - Acidentes de Trabalho Mortais por Distrito em 2013
 
 
 
Gráfico 3 - Causas de Acidentes de Trabalho Mortais em 2013
 
 
De seguida apresento também a evolução de Acidentes de Trabalho Mortais desde o ano de 2003.
 
Gráfico 4 - Evolução de Acidentes de Trabalho Mortais (2003-2013)
  
Fonte: ACT 

Sem comentários: